Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Série: Programando no Mac com Cocoa


Bom, como estou sem muito coisa pra colocar no blog, vou aproveitar e colocar aqui uma série de artigos de algo que estou aprendendo com o livro
Learning Cocoa with Objetive-C
Por que isso?
Simples, estou estudando para desenvolver apps para o Iphone-Os, e se você chegou aqui deve estar querendo isso também.
Não vou fazer uma tradução do livro aqui, óbvio, vou apenas colocando aqui as partes que eu for entendendo e quem sabe responder dúvidas, quem sabe não vira material de consulta.
Claro que você pode procurar pelo livro na rede, mas sei que muita gente não tem pratica com o inglês. Ressalto que o meu não é tão bom, mas está dando para ler o livro.
Para aprender os pré-requisitos são o básico de lógica de programação e orientação a objetos. Sou iniciante nisso, então a medida que eu for escrevendo e alguém ai for vendo que eu estou me enrolando em algum conceito, por favor não hesite em me corrigir, ficarei muito agradecido.
Então vai ser assim, a medida que eu for lendo o livro, eu vou postando mais ou menos o que está no livro, aquilo que entendi, não vou fazer uma tradução dele aqui, senão teria problemas de Copyright.
Receio que consiga fazer o post desse todos os dias, a medida que eu for lendo o livro, então não deixem de acompanhar.

Parte 1

Cocoa prover uma rica camada de funcionalidades, ele é um framework e é usado como base para construir os aplicativos da mais recente versão do Mac OS X, o Leopard.
Sendo um API orientada a objetos, que teve origem lá no sistema operacional que mais tardar veio a originar o Mac OS como o conhecemos. Foi o NextStep.
Nesses primeiros passos vamos ter uma visão geral dessa linguagem.
O Cocoa é integrado por diversas bibliotecas compartilhadas, um sistema de execução e um ambiente de desenvolvimento. Além disso prove uma infra-estrutura completa para aplicações gráficas.
Imagine o Cocoa como uma camada mediadora e facilitadora entre os programas que se constrói sobre ele e o sistema operacional.
Cocoa abrange uma vasta gama de objetos, desde tipos básicos como strings, arrays, até funcionalidades complexas relacionadas a computação distribuída imageamento avançado.
Tudo isso desenvolvido para trabalhar facilmente com interfaces gráficas em cima de uma sofisticada infra-estrutura que simplifica tarefas de programação.
Claro que a aplicação construída sobre o Cocoa não fica limitada apenas a esse framework, havendo possibilidade de integração com diversas outras funcionalidades presentes no QuickTime, OpenGl, Quartz e etc.
Fora a integração que existe para se trabalhar com as funcionalidades típicas de um sistema baseado em Unix.
Sobre a história do Cocoa, essa parte eu vou pular, já vi diversas vezes, basta uma rápida procurada na internet e terão diversas fontes.

Conjunto de recursos do Cocoa

Como dito antes o Cocoa provê tipos básicos para array, strings, funções de manipulação de exceções e outras mais.
Além dos utilitário para gerenciamento de memória, arquivamento e serialização de objetos, acesso a entidades e serviços do kernel como tarefas, portas, loops em execução, threads e bloqueios.
Também oferece funcionalidades básicas para construção de widgets.
Imagem e impressão
Quartz é o nome do subsistema que provê as funcionalidades de impressão e desenho de imagens no Mac OS X, baseado no formato PDF.
ColorSync é o gerenciador de cores presente dentro do Quartz, assegurando que cores serão mostradas nos documentos automaticamente e corrigidas ao ser impressas ou exibidas. Cuida da correta amostragem de cores dependendo do perfil.
Internacionalização e localização
Cocoa já é desenvolvido com o objetivo em mente que suas aplicações possam ser traduzidas para diversas linguagens, mantendo separado elementos de interface dos executáveis e tendo total compatibilidade com o formato Unicode, evitando problemas com caracteres especiais.
Textos e fontes
Cocoa oferece um conjunto poderoso de serviços de textos que podem ser prontamente adaptados para aplicações que fazem uso intenso de textos. Suportando uma diversidade enorme de fontes como Adobe Post Script e True Type.
Exportação de aplicações através de serviços
Aplicações em Cocoa podem ter varias de suas funcionalidades disponíveis para outras aplicações através de AppleScript e via serviços.
Tecnologias e componentes
Uma das grandes vantagens do Cocoa é a possiblidade de reuso de recursos para criação de aplicações. Utilizando-se disso para construir aplicações de maneira prática e rápida. Isso facilita muito quando se distribui plugins e extensões para as aplicações.

Bom, por hoje é só, tem muita coisa pela frente. Ainda temos que ver um pouco de conceito para ir realmente para a prática.
That’s all folks.

Artigos relacionados

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.