Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Como melhorar o desempenho do computador


Quer deixar seu computador mais rápido não é mesmo? Simples, faça upgrade, invista em hardware. Por mais que você fique tentando liberar espaço no HD, usar programinhas milagrosos que prometem aumentar em 300% a velocidade do Windows, esqueça, nada disso com o tempo resolve. Então há três itens básicos a se pensar quando quiser deixar seu computador mais rápido.



Memória


Uma triste tendência atual é que os programas ficam cada vez mais gordos, exigindo cada vez mais memória RAM, até o fato de usar várias abas em um navegador como o Firefox ou Chrome te faz pensar nisso. Não se esqueça do fato de que dependendo do sistema operacional ele consumirá muito também. Windows Vista é um desses, tanto que a instalação mínima dele exige 512MB de RAM, mas para trabalhar razoavelmente é melhor mesmo 2GB. Já passei por isso até que fiz upgrade e instalei 3GB, melhorou muito a resposta do sistema, e se você for um usuário que usa diversos aplicativos ao mesmo tempo sentirá claramente a diferença. Melhorou mais ainda depois que instalei o Windows 7 que por sinal gerencia memória melhor que seu antecessor.





 Aliás um problema crasso que sempre tive com o Windows, desde o Windows Xp, é que conforme o tempo de uso crescia, conforme os meses passavam, eu sempre notava que o desempenho geral do sistema diminuía e mesmo tirando programas da inicialização e outras coisas mais não melhorava tanto quando eu formatava tudo. Com o Windows 7 não sinto mais esse problema. Como trabalho com diversas máquinas virtuais, quanto mais memória melhor, ainda mais quando se fica com programas como o Photoshop, Dreamweaver e fora as dezenas de abas abertas no Firefox e Chrome.



Processador

Apesar do Windows Vista ser um comedor de RAM, algo que me agradou nele quando instalei foi seu melhor gerenciamento de programas com um processador dual core, isso porque para suportar mesmo processadores de diversos núcleos no Windows XP, eu era obrigado a fazer uma certa gambiarra com um programa da AMD. E efetivamente o Windows Vista e o Windows 7 lidam com melhor quantidade de núcleos que o Windows XP, isso fica claro quando você começa a usar diversos programas ao mesmo tempo. 





Atualmente tenho um AMD quadcore e que melhorou muito o desempenho para se trabalhar com máquinas virtuais e diversos outros programas juntos sem ter travamentos por causa de processamento. Claro que nesse ponto de fazer upgrade de memória e processador, é necessário antes verificar se sua placa mãe suporta o que você quer.



HD


Depois de fazer upgrade em memória e processador, algo ainda me decepcionava, ainda sentia alguns travamentos e demora na resposta de alguns programas, apesar de ter tudo em um HD sata 2 eu me perguntava se era esse o problema, já que por exemplo quando eu verificava o desempenho geral notava que memória e processador no Windows 7 não estavam sendo muito exigidos.

Então decidir investir em um SSD de 64 GB da Samsung, custou uns 400 reais, investimento mais que bem feito. Inicialização do Windows super rápida desde quando se liga até depois do logon. Instalação e inicialização de programas super rápida também, pude trabalhar com mais programas, abrir mais abas nos navegadores sem me preocupar com falta de resposta, travamentos. O problema que eu tinha quando salvava arquivos, lentidão, morreu também.

Um ponto que acho interessante destacar aqui, é que notei já faz desde o Windows XP, é que o gerenciamento de memória dele é horrível, mesmo que você tenha 3 GB de RAM para usar, ele mesmo assim irá utilizar o Swap, ou seja, irá usar o HD para salvar dados de programas, quando eles poderiam muito bem estar na memória que é mais rápida. E esse era em si o problema que eu tinha com lentidões, inclusive com o Chrome que sempre demorava para carregar uma aba, como ele separa cada aba por processo, acabava indo algumas para o Swap, e isso retardava muito o uso delas. Nisso você poderia me dizer que eu desligasse o uso do swap pelo Windows. Até que tentei isso, mas ai o consumo de memória RAM aumentou muito, fora que a Microsoft desaconselha isso, pois mesmo que você tenha memória de sobra, o Windows ainda assim continuará usando o Swap para tarefas essenciais. Então o melhor é não desativar.






Mas 64GB para um SSD não é pouco, afinal não dá nem para outros programas além do SO? Sim, pode parecer pouco, mas a mágica aqui é o uso do swap para melhorar o desempenho geral, como eu disse antes, algo que contribui muito para o baixo desempenho do Windows e de outros SOs é o uso que ele faz do swap. Vamos supor que você esteja com uns 10 programas pesados abertos. Nem sempre você está neles em um intervalo de 10 segundos, nisso o Windows, querendo ou não, joga alguns dados no swap, jogar isso no SSD ou no HD tem uma diferença enorme, isso porque o tempo de resposta do SSD é muito menor que o do HD, e faz toda a diferença, no final, nem parece que dados do programa foram para o swap, isso ficou nítido para mim depois que fiz a mudança. Tanto que atualmente eu deixo o Windows no SSD mais alguns programas e outros, jogos também, eu coloco em um HD de 1.5TB sata 2. O fato de deixar os dados em outro HD acaba contribuindo para melhorar o desempenho também, então é um investimento que vale a pena.






Artigos relacionados

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.